Paraná receberá nos próximos dias doses de reforço para trabalhadores da saúde e idosos


O Ministério da Saúde confirmou o envio de 176.670 vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech para o Paraná. Serão 146.250 para dose reforço (DR) de trabalhadores da saúde que tenham tomado a segunda dose (D2) ou dose única (DU) até 31 de março e 30.420 para DR de idosos acima de 60 anos que tenham finalizado o esquema vacinal também até 31 de março.


Os imunizantes fazem parte da 55ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde, que deve incluir, ainda, 137.200 vacinas da AstraZeneca/Fiocruz para completar 100% da D2 da 30ª pauta (90.200 doses) e 59% de D2 da 31ª pauta (47 mil doses). Ao todo, o Paraná receberá 313.870 vacinas. As doses ainda não têm data confirmada para envio, mas devem chegar ao Estado ainda nesta semana.


“O Ministério já havia sinalizado o interesse em incluir idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde na dose reforço e agora tivemos a oficialização dessa recomendação que é muito bem recebida aqui no Paraná. Estes grupos estão mais suscetíveis à contaminação pela doença e por isso há necessidade de reforçar a imunização”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.


NOVAS ORIENTAÇÕES – A nova remessa foi anunciada junto com a divulgação de três novas notas técnicas do Ministério da Saúde.


A nota nº 47/2021, da Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid), estabeleceu a necessidade de administração de uma dose reforço para todos os trabalhadores da saúde que tenham recebido a D2 ou DU há pelo menos seis meses. Segundo a nota, a dose deve ser aplicada independente do imunizante usado na ocasião, considerando a