top of page
1920x368px.jpg

Caminhoneiro sob efeito de droga foge da PRF e é preso após atingir veículos


Policiais rodoviários federais, com apoio da Polícia Militar, prenderam na tarde de sábado (25), o motorista de um bitrem que estava dirigindo sob efeito de substância psicoativa, fugiu da fiscalização e provocou acidentes na BR-101 em Joinville.


Depois de receber denúncias de outros motoristas de que uma carreta estava sendo conduzida de forma perigosa no sentido sul da rodovia, os agentes tentaram realizar a abordagem em frente à unidade operacional da PRF. O motorista ignorou a ordem de parada, colidindo em dois automóveis à sua frente e quase atropelando os policiais.


A equipe PRF iniciou acompanhamento tático com uma viatura à frente e outra atrás do bitrem, placas de Ermo/SC, tentando ao mesmo tempo parar o veículo e evitar que ele provocasse outros acidentes.


Com apoio da Polícia Militar, foi possível fechar a rodovia quase 20 km à frente. Antes de parar, o caminhoneiro ainda colidiu na traseira de outra carreta, sofrendo apenas leves escoriações. Parte da carga de calcário que ele transportava se espalhou pela pista. Com apoio da concessionária Arteris, a carga foi removida e o fluxo liberado cerca de uma hora depois.


O caminhoneiro estava extremamente alterado. Falava coisas desconexas, de forma eufórica e com os olhos arregalados. Ele acreditava que ainda estava no Paraná, e que havia cinco pessoas com ele dentro da cabine. Os policiais encontraram no porta-luvas um saquinho plástico vazio, onde normalmente se armazena cocaína. O motorista então confessou que fez uso da substância para não dormir. A passageira do bitrem também confirmou que ele havia consumido cocaína antes de dirigir.


Depois de ser medicado e liberado pelos médicos no hospital, o homem de 31 anos, natural do Tocantins, foi conduzido à Delegacia de Polícia de Joinville onde vai responder pelos crimes de desobediência, direção perigosa e de dirigir sob influência de substância psicoativa. O saco plástico foi encaminhado à perícia da Polícia Civil em Florianópolis, para conformar que foi usado para armazenar cocaína.


Felizmente, graças ao trabalho rápido de policiais rodoviários federais e policiais militares, ninguém além do próprio causador se feriu e uma tragédia maior foi evitada.

Fonte: RBJ Foto: PRF

Ative novo.png
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
Ative novo.png
bottom of page