Filha é morta pelo padrasto ao tentar defender a mãe, em Maringá


Uma mulher de 38 anos morreu e a mãe de 62 anos foi baleada após o padrasto atirar contra elas na tarde deste domingo (8), na Rua Ipiranga, na Zona 4, de Maringá. Segundo a polícia, a filha tentou salvar a mãe e acabou morta. A mulher, identificada como Francielle Oriole, levou um tiro no peito e não resistiu aos ferimentos. Já a mãe, Elizabeth Oriole, também foi atingida no peito e foi levada em estado grave ao hospital. O crime aconteceu por volta das 17h30. De acordo com policiais que atenderam a ocorrência, na casa estava tendo uma festa para comemorar o aniversário do suspeito. Durante a festa, um dos sobrinhos do casal teria passado mal e deitado na cama do casal. O homem não gostou, dando início à discussão. Em certo momento, o suspeito sacou de um revólver, para atirar na esposa, porém, a filha da mulher e enteada do suspeito, entrou na frente para defender a mãe e foi atingida no peito. Na sequência, ele atirou contra a esposa e fugiu em um Volkswagen Santana de cor branca. Porém, a polícia recebeu informações das possíveis rotas que ele poderia fazer para fugir. Um alerta foi emitido para as polícias Rodoviária Federal e Estadual. Na cidade de Arapongas a PRF, logrou êxito e prendeu o suspeito. Com ele os policiais encontraram a arma utilizada no crime. O homem foi, encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Maringá, onde será autuado em flagrante por feminicídio e tentativa de feminicídio.

Fonte: Catve

ALEP_COVID_01_300x250px.gif
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
images.png
banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif