Paraná descarta casos suspeitos de coronavírus


O Paraná está vigilante e preparado para enfrentar o coronavírus. A Secretaria de Estado da Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informaram nesta quarta-feira (29) que exames clínicos e epidemiológicos descartaram a presença da doença no Estado até o momento.


Inicialmente houve uma suspeita de um tripulante de um navio procedente da China que desembarcou em Paranaguá. O caso foi logo descartado, sem nem sequer ter sido notificado ao Ministério da Saúde. Na última terça-feira, duas pessoas passaram a ser monitoradas em razão dos sintomas que apresentaram.


Um rapaz de 29 anos foi internado em um hospital privado de Curitiba com sintomas semelhantes aos causados pelo coronavírus. Natural de Fortaleza (CE), ele estava na capital paranaense a negócios e buscou ajuda médica. Como havia passado pela China nas últimas semanas, teve o caso notificado. A presença do vírus foi descartada ainda na noite de terça, com diagnóstico de influenza B.


Outra situação investigada é de uma mulher de 23 anos, moradora de Curitiba, que retornou da China no dia 5 de janeiro. Ela também apresentou sintomas do coronavírus procurou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Capital, onde relatou a viagem. Como medida de precaução, foi internada no Hospital de Clínicas.


Clinicamente, o caso também já foi descartado em razão do período de incubação e manifestação dos sintomas, que passa de 15 dias. Exames laboratoriais estão sendo realizados para que haja notificação oficial ao Ministério da Saúde.


“Não há motivo para alarme. A população pode ficar tranquila. O Paraná está atento e vigilante, com atenção redobrada par