Polícia Civil de Capanema indicia proprietários de casa noturna por explorar prostituição de mulhere

A Polícia Civil de Capanema indiciou nesta terça-feira, 04, os proprietários de uma casa de shows localizada no município de Planalto/PR nos crimes de favorecimento e manutenção de casa de prostituição, ameaça, importunação sexual, rufianismo qualificado e redução a condição análoga à de escravo. O Caso foi registrado no dia 25 de maio, por volta das 15h, quando a Polícia Militar foi acionada por uma das vítimas, a qual teria informada que ela, juntamente com outras mulheres, estariam sendo mantidas em cárcere privado em decorrência de supostas dívidas contraídas no local.


Durante a ocorrência um dos suspeitos, proprietário do estabelecimento, foi preso em flagrante.


Conforme o delegado da 59ª DRP de Capanema, Dr. Rodrigo Colombeli, no decorrer da investigação foram angariados elementos que comprovariam que os proprietários do estabelecimento, além da exploração sexual das vítimas, estaria restringindo a liberdade destas em decorrência de supostas dívidas existentes, o que configura o delito de exploração de trabalho em condição análoga à escravidão. “O local fica afastado da cidade, as portas e janelas do local eram gradeadas, no local o sinal de celular não funcionava e os proprietários do estabelecimento, visando manter as vítimas isoladas, deligaram a internet wifi, a fim de que as vítimas permanecessem no local para que quitassem débitos existentes com a casa” ressaltou o delegado.


O inquérito policial foi enviado ao Ministério Público da Comarca de Capanema e um dos suspeitos encontra-se preso na Delegacia.


ALEP_COVID_01_300x250px.gif
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
images.png
banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif