População de Capanema está dividida com relação a Lei que determina horário de funcionamento de bares e restaurantes e proibição da venda de bebidas alcoólicas em determinados locais diz pesquisa Voxdata

05/04/2019

Após o surgimento de um movimento que está pedindo a revisão da Lei Municipal Nº 1.454 de 2013, que impõe limite de horário para o funcionamento de bares, restaurantes e similares e proíbe a comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em praças e vias públicas, a Rádio T Capanema encomendou um pesquisa de opinião pública para saber qual é o posicionamento da população com relação a referida Lei.

 

A pesquisa foi realizada entre os dias 03 e 04 de abril e ouviu ao todo 200 pessoas com a coleta de dados sendo realizada via telefone e amostra presencial.

 

Os entrevistados responderam a seguinte pergunta “Você é a favor ou contra que seja revogada a lei e que volte a ser liberada a venda de bebida alcóolica em Capanema?”.

 

Para chegar ao resultado a pequisa respeito as faixas etárias compreendidas entre 18 e 35 anos, 36 e 50, 51 a 65 e acima de 66 anos, além de classes sociais divididas em A e B, C, e D e E.

 

O resultado apresentado foi:

 

Pessoas com idade entre 18 e 35 anos, 94% a favor da revogação completa da lei e 6% a favor de sua manutenção.

 

Pessoas com idade entre 36 e50 anos, 85% a favor da revogação completa da lei e 15% a favor de sua manutenção.

 

Pessoas com idade entre 51 e 65 anos, 6% a favor da revogação completa da lei e 94% a favor de sua manutenção.

 

De 60 anos ou mais, 4% a favor da revogação completa da lei e 96% a favor de sua manutenção.

 

Com relação a classe social o resultado foi:

 

Classes A e B, 15% a favor da revogação completa da lei e 85% a favor de sua manutenção.

 

Classe C, 80% a favor da revogação completa da lei e 20% a favor de sua manutenção.

Classe D e E, 97% a favor da revogação completa da lei e 3% a favor de sua manutenção.

Na estratificação dos números o resultado apresentado pela pesquisa da Voxdata foi um empate entre a opinião pública, com 50% dos pesquisados favoráveis a manutenção da lei na forma em que está e 50% favoráveis a sua revogação na integralidade.

 

A proposta defendida pelo movimento é de que caso não seja possível a revogação completa da Lei, que seja apresentada uma emenda alterando em especial o horário estipulado para o funcionamento de bares, restaurantes e similares, principalmente em vésperas de feriados e finais de semana. O principal argumento é de que da forma como está a Lei os jovens acabam saindo do município em busca de diversão em cidades vizinhas o que aumenta consideravelmente o risco de acidentes em seu retorno.

 

A discussão sobre o assunto chegou na segunda-feira, 01, à Câmara Municipal, que contou com a presença de um grande numero de pessoas favoráveis a alteração na Lei, onde mesmo tendo autonomia para apresentar um projeto de Lei propondo a alteração um grupo de vereadores, com a alegação de ampliar o debate sobre o assunto, apresentou um requerimento solicitando que a Administração Municipal envie ao Legislativo a proposta de mudança. Até o momento não há uma previsão para que isso ocorra.

 

Fonte: Portal 163

Imagens: Pesquisa Voxdata

 

 

 

 

Compartilhar
Please reload

FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
Portal 163.jpg
740 x 131 px.gif

Produtor rural de Santa Helena encontra Sucuri em escavação

October 23, 2020

Defesa Civil emite nota de esclarecimento sobre rompimento de barragem no Paraná

October 23, 2020

1/3
Please reload

www.portal163.com - A notícia passa por aqui!

MARCOS LIMA

46 99975-6563

limaeroso@gmail.com

ALLEX H. MARCELLO

46 99917-6676

allexhidarian@hotmail.com

  • Facebook