Para eles não tem dia e nem hora. Salve os Bombeiros!


Tem dias em que a preguiça bate, você dá uma olhada na situação e diz: não vou trabalhar hoje.....até pode.


Mas tem outros dias em que a preguiça vai para a gaveta e você tem que levantar e ir trabalhar – e muito.


A grande maioria das pessoas desfruta do final de semana com a família, os amigos, passando bons e agradáveis momentos para retomar a segunda-feira.


Mas tem uma categoria neste mundo que não permite muito a tal da preguiça e os finais de semana na sua totalidade.


A categoria dos bombeiros, que temos contato quando precisamos ou quando vemos o noticiário cheio de informações a respeito de situações trágicas ou anormais.


Este cidadão, o bombeiro, merece todo o nosso respeito. Respeito e admiração, além de profundo reconhecimento pelo que fazem, como fazem e quando fazem.


Bombeiro não usa relógio, pois para ele qualquer hora é hora de desempenhar sua função, demonstrar seu aprendizado, tranquilizar uma sociedade em relação ao acontecido.


Bombeiro não tem final de semana sossegado – e se tem, não conta.


Agora, estamos assistindo a tragédia esperada de Brumadinho, em Minas Gerais, com destaque para o trabalho incansável dos bombeiros envolvidos. E numa situação que não tem nada que favoreça o trabalho.


Pelo contrário: retirar corpos de áreas atingidas pelo barro e pela lama é uma tarefa difícil e complicada.


Ao vermos notícias e ações desencadeadas no fato, ficamos mais tranquilos que estes homens lutadores irão receber mais ajuda, inclusive internacional, o que vem somar na hora do aperto.


Todos os que estão lá sabem muito bem o que fazer, mas qualquer ajuda profissional é bem vinda.


Deixando de lado vários comentários de entendidos sobre o assunto, melhor nos concentrarmos no trabalho dos bombeiros, uma vez que a tragédia já aconteceu.


Eles saberão como lidar com toda a situação e, com certeza, darão o máximo de cada um para que a resolução apareça.


Aqui, o registro de parabéns a estes homens e o reconhecimento de tarefa tão árdua, mas que para eles, é o dia a dia.


Deus os proteja e abençoe.


E nós, como simples mortais, temos que levantar as mãos para o céu e agradecer que eles existem.


Salve os bombeiros.



ALEP_COVID_01_300x250px.gif
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
images.png
banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif