Polícia cumpre reintegração de posse em área que será alagada pelo reservatório Usina Baixo Iguaçu e

Policiais cumpriram reintegração de posse, na manhã desta segunda-feira (22), em área onde vivem duas famílias, na comunidade da Linha São Brás, próxima à rodovia PR 484 em Capitão Leônidas Marques.


A área margeia o Rio Andrade (Baicurú) que será alagada com o enchimento do lago formado pela Usina Hidrelétrica Baixo Iguaçu.

A ordem de despejo foi expedido pela Justiça de Capitão Leônidas Marques e toda a ação foi acompanhada por um oficial de justiça da comarca.

Policiais da ROTAM, Pelotão de Choque com auxilio da Policia Militar de Capitão Leônidas Marques, acompanharam a ação.

Uma retro escavadeira hidráulica foi utilizada para demolir um barracão onde eram guardados os maquinários usados na lavoura. As famílias tiveram que carregar a mudança e deixarem o local.

Vereadores e alguns representantes do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragem) acompanharam a reintegração. A imprensa não teve acesso para acompanhar o processo. Uma estrada de acesso a área onde ocorreu a desocupação foi bloqueada por vários policiais e duas viaturas impediam o acesso ao local.

Informações dão conta que pode haver outros mandados a serem cumpridos no município.

O impasse que ainda impede que as famílias deixem o local seria a questão das indenizações.

Com potência instalada de 350 MW, a Usina Hidrelétrica Baixo Iguaçu que tem previsão de enchimento programado para dezembro, deve começar gerar energia equivalente ao consumo de um milhão de pessoas. Seu reservatório de pouco mais de 30 km² de superfície margeia os municípios de Capitão, Capanema, Realeza, Planalto e Nova Prata do Iguaçu.


Fonte: Radio Interativa

Fotos: Lunéia de Souza comunicação do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB


ALEP_COVID_01_300x250px.gif
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
images.png
banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif