Pode até ser que não dê certo, mas está valendo a pena tentar.


E fico aqui me perguntando: até onde vai a teimosia de um homem? E o pior: um homem que está preso, detido, condenado e incapaz de agir com o mundo externo, em termos?


A teimosia de Lula está levando o PT a testemunhar sua primeira grande derrota depois de alguns anos passando manteiga no pão.


Está se vislumbrando a volta da margarina no pão amanhecido.


A teimosia de Lula mostrou que a liderança ainda existia, mas que opções erradas foram tomadas, a contragosto de alguns, mas com o aplauso de outros.


Ao indicar Haddad a contra gosto, Lula ignorou conselhos dados por políticos de cabeça fria, que aconselharam apoiar Ciro Gomes.


Mas não: ele é quem deu as cartas, ele é quem manda, ele é quem decide.


Agora, a 12 dias da eleição, o que se nota é que a tendência para Bolsonaro ficou grande e a pesquisa seja de quem quer que seja, aponta para a derrota do PT.


Erros foram cometidos a ponto de Cid Gomes, irmão do Ciro Gomes, publicamente dizer que o PT errou, que faltou humildade, que cometeram erros grosseiros e irão perder a eleição.


Chegamos na hora do navio a deriva, sem comandante, sem alguém para assumir os erros.


De um lado, a maioria da população acha muito bom, pois conforme dizem: chega de PT.

Por outro lado, o partido fica rachado, pois não pertencia a um só homem, que se julgava dono de tudo e de todas as ações.


Mais uma vez fica a lição da ganância, da pressa, da falta de análise para o futuro.


Melhor para os eleitores do Bolsonaro, que a esta altura estão quietos vendo as ruínas da era PT começarem a cair.


No dia da eleição, ainda fica o receio das urnas, mas creio que com esta avalanche de votos que está prevista, fraudes serão difíceis, embora admitidas.


Virando a página, a felicidade do povo ao ver o crescimento da candidatura Bolsonaro é contagiante.


De crianças que falam nele a adultos que sorriem ao falarem dele, a nação passa por uma experiência única, feliz.


E, com a campanha nas ruas, resgatou-se a cidadania, os princípios da Moral e Cívica, os ensinamentos básicos para a democracia saudável.


Ainda temos que esperar o dia da eleição, mas já podemos imaginar o acontecimento maior, que será a eleição do Bolsonaro.


E quem ganha mais com isso é a nação, que depois de anos de assalto e discrepâncias, irá testemunhar o nascimento de uma nova era.


Pode até ser que não dê certo, mas está valendo a pena tentar.


Pobre PT. Pobre Lula. Está colhendo o que plantou, sem falar no que vem pela frente.


Execrado publicamente, condenado e possivelmente condenado em ações futuras, este homem levará com ele uma triste história que comprova o ditado: o crime não compensa.


Bom manter a cabeça no lugar e a expectativa crescente. E tomara que no dia 28, lá pelas 10 da noite, tenhamos a certeza de que correu tudo bem.


Quem deve, paga.


Quem merece, ganha.


E ao vencedor, as glórias e aplausos de uma nação, quase que inteira.


Boa sorte, Brasil.



ALEP_COVID_01_300x250px.gif
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
images.png
banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif