Não se cria uma geração somente com noções básicas de português e matemática...

04/09/2018

Grande parte de quem tem menos de 30 anos, não viveu uma época que o país apresentou para a sociedade.

A época da educação e do respeito. Obviamente, nos dias de hoje, a educação está indo para o brejo e o respeito está acabando.

De modo geral, com exceções, o que se vê no dia a dia é que o ser humano não é mais humano e é simplesmente um ser.

Irracional, grosso, estúpido, mal educado. Mesmo assim, convivemos diariamente com centenas de pessoas que se comportam dentro de um possível para uma sociedade equilibrada. Mas quando se nota o que ocorre por aí, os cabelos se arrepiam em função do comportamento humano. E olhe que hoje, o volume de comunicação que todos recebem é o quíntuplo de 30 anos atrás. A qualquer hora você tem acesso a qualquer tipo de informação, a qualquer notícia,

a qualquer coisa que você procure e se interesse. E mesmo que você não se interesse, as coisas chegam até você.

Não podemos admitir e concordar com o comportamento de certos setores nos dias de hoje. Jovens são educados mal e mal, recebem uma pequena orientação de vida e pronto. Quando muito, alguém lhe chama a atenção, lhe passa um corretivo, lhe dá uma palmada na bunda (não é proibido, não.). Nem sempre resolve, mas faz com que ele não pense em agir da mesma forma em uma outra vez.

Ao ver alunos agredindo professores, alunos beijando alunos em sala de aula, alunas beijando alunas em sala de aula, agressões verbais contra professores, diretores, supervisores, enfim, uma decadência, não só do ensino, como também da autoridade. Não existe mais autoridade que seja totalmente respeitada. E o problema é que autoridade não se impõe.

Se ensina a obedecer pela conquista, pelo ensino mesmo do respeito e da mostra de autoridade.

Não se cria este mundo de jovens apenas com palavras. É preciso energia, ação, procedimentos.

Não se cria uma geração somente com noções básicas de português e matemática, visto que as notas atuais de avaliações estão péssimas. É necessário que o desenvolvimento do pensamento seja ensinado. Somente fazer contas, sem entender o porque e o caminho, não basta.

Na língua portuguesa, então, o desastre é maior. No falar e no escrever. Vê-se cada coisa que faz com que gente emudeça.

E ao invés de corrigirem para serem algo melhor na vida, os jovens não estão nem aí. Até música com este título já existe: “tô nem aí”......

O fato, infelizmente, é que se compararmos com o tal dos anos passados, a coisa era diferente. No lugar do whatssapp, existia o telefone e a visitação na casa alheia, as reuniões de turmas, a troca de cartas entre cidades, a comunicação lenta, mas precisa.

O fato é, infelizmente, que estudávamos feitos loucos em cima de enciclopédias e fazíamos trabalhos escolares bem feitos, pois não existia o Control C Control V......e olhe que os trabalhos chegavam a ser exemplares de tão bem feitos.

E aprendíamos com isso.

O fato é, infelizmente, que chamávamos os mais velhos de “senhor” e de  “senhora”, sempre com a voz mais baixa do que a deles, sempre com o olhar no olho de quem falava com a gente.

Além de tudo isto, a escola era um local meio sagrado, de respeito acima de tudo, mas de ensinamentos além das salas de aula.

Amizades se formaram e duram até hoje, 45, 50 anos depois.

Pessoas aprendiam a ser civilizadas, tínhamos aulas de OSPB (Organização Social e Política do Brasil), além de Moral e Cìvica, onde aprendemos noções de cidadania enquanto éramos moleques. Tínhamos ensinamentos de comportamento em casa alheia, modos e costumes que nos foram repassados dentro das regras de então.

Hoje, o que menos vemos são regras.

Pé em um sofá? Jamais. Camisa pra fora da calça? Raramente. Sapatos sujos? Uma vez por mês – e olhe lá.

Na verdade, a educação era mais rígida, mas o resultado era muito superior ao de hoje.

E alguns pais de ontem educados da forma antiga, estão jogando a toalha com seus filhos, se bem que a geração que foi pai pelos anos 90, já tinha outra cabeça.

Mas vamos em frente.

Rezando para que criemos filhos saudáveis e educados, inteligentes e bem apessoados.

Já é um começo, embora falte muita coisa ainda para pais que pretendem criar filhos.

 

 

Compartilhar
Please reload

FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
Portal 163.jpg
740 x 131 px.gif

Homem de 63 anos é preso por ameaçar a companheira com arma de fogo em Capanema

October 29, 2020

Rapaz de 21 anos é preso com cocaína

October 29, 2020

1/3
Please reload

www.portal163.com - A notícia passa por aqui!

MARCOS LIMA

46 99975-6563

limaeroso@gmail.com

ALLEX H. MARCELLO

46 99917-6676

allexhidarian@hotmail.com

  • Facebook