Amsop muda forma de entregar Carta Sudoeste aos candidatos a governador


Com o prazo de campanha eleitoral mais curto e por falta de compatibilidade das agendas, a Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (AMSOP), mudou a forma de entregar a Carta Sudoeste aos candidatos a Governador. Antes o objetivo era reunir todos num único evento, agora a carta será entregue conforme a passagem de cada candidato pela cidade ou região.

“Temos uma corrida eleitoral de apenas 45 dias. Isso tem dificultado juntar a agenda dos candidatos no mesmo dia para que pudessem receber a carta junto com representantes de toda região”, destaca o presidente da Amsop e prefeito de Santa Izabel do Oeste, Moacir Fiamoncini.

Um evento estava programado para dia 31 de agosto, mas foi cancelado devido essas alterações. Agora o candidato ao governo que cumprir agenda em Francisco Beltrão ou região vai receber a Carta Sudoeste com as principais reivindicações dos 42 municípios.

“A carta está trabalhando todas as áreas, levantou demandas necessárias para o atendimento da região em todos os segmentos”, afirma o presidente.

Dentre os temas abordados no documento estão o Hospital Intermunicipal, Aeroporto Interestadual, Leitos no Hospital Regional, Rodovias, além de assuntos relacionados a agricultura, indústria e comércio.

Segundo Fiamoncini, “o que soou mais forte na região é uma demanda de investimentos nas rodovias do sudoeste. Comentávamos outro dia que temos um anel viário construído há mais de 30 anos e o trafego de veículos aumentou bastante, por isso existe a necessidade de investimento para melhoramento das rodovias”.


Fonte: Francione Pruch/Portal RBJ