Policial militar é preso em Salto do Lontra

O policial militar envolvido na morte dos irmãos Orestilhano Maria da Rosa Junior, de 21 anos, e Adrian Beppler da Rosa, de 26 anos, na semana passada, foi preso na sexta-feira, 27, em Salto do Lontra. A prisão é temporária (30 dias) para que as autoridades concluam as investigações.

O delegado da Comarca, Sandro Spadoto Barros, informou que as investigações estão sob sigilo e realizadas em conjunto pela Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério Público. Os dois irmãos estavam em um veículo com placas de São Francisco do Sul quando foram abordados pela PM. A versão apresentada no dia dos fatos é de que os dois teriam feito movimentos aparentando estarem armados. Os dois foram baleados e socorridos, mas morreram no hospital. A PM diz que apreendeu duas armas - um revólver calibre 38 que estaria com o passageiro do veículo e uma garrucha calibre 32 encontrada no porta malas da picape – mas os familiares das vítimas negam que os dois estivessem armados.

Segundo o delegado, tanto as armas dos PMs como as supostas armas das vítimas foram encaminhadas para perícia. “A das vítimas, que não foram disparadas, estão no Instituto de Criminalística de Francisco Beltrão para exame de prestabilidade e eficiência, e as armas dos policiais vão para o IC de Curitiba pra exame de balística.”


Fonte: Jornal de Beltrão

ALEP_COVID_01_300x250px.gif
Portal 163.jpg
Confira nossas OFERTAS
FARMÁCIA ULTRA DESCONTÃO
images.png
banner_300x250_V2_01_vacina_portais.gif