Acidente com cinco mortos da mesma família foi provocado por racha entre caminhões, diz Polícia Civi

O acidente que deixou cinco pessoas da mesma família mortas na BR-369, em Mamborê, no norte do Paraná, foi provocado por um racha entre cinco caminhões, segundo a Polícia Civil.

De acordo com o delegado Marcelo Trevisan, quatro motoristas de caminhões suspeitos de envolvimento no acidente estão presos. Os homens têm 38, 37, 29 e 30 anos. Um quinto suspeito é procurado pela polícia.

Os condutores foram presos em flagrante pelo crime de racha com resultado morte, com pena que pode variar de 5 a 10 anos. Os suspeitos estão na delegacia de Mamborê. A Polícia Civil não estipulou fiança.

Um carro e uma carreta bateram de frente na noite de segunda-feira (2). Todas as pessoas que estavam no automóvel morreram no local do acidente. Um homem de 34 anos, a esposa dele, de 30, e os filhos de 11, 9 e 4 anos. A família morava no distrito de Alto Pensamento, em Mamborê.

O motorista do caminhão que provocou a batida não se feriu.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o condutor do caminhão estava ultrapassando em um lugar onde existe terceira faixa, quando invadiu a faixa contrária para não bater em outro caminhão que transitava na mesma direção. Com essa manobra, ele bateu de frente com o carro.